Nova imagem e jackpot mais recheado. O que muda esta semana no Euromilhões?

O sorteio passa a garantir um prémio mínimo de 130 milhões de euros, três vezes por ano, e o valor do jackpot aumenta para os 200 milhões. As mudanças começam a fazer notar-se já esta terça-feira.

Vencer o Euromilhões, em Portugal, já provocou as mais diversas reações. Se 2016, uma mulher de 53 anos festejou o prémio nas primeiras horas e no dia a seguir voltou ao trabalho, no seu café, seis anos antes um casal foi condenado pelo Tribunal da Relação de Guimarães a dividir o prémio depois da namorada ter reclamado para si todo o mérito de acertar nos cinco números e nas duas estrelas da sorte. Portugal é o quarto país onde mais vezes saiu o primeiro prémio do Euromilhões, que, esta semana, se torna maior. O jackpot passa a ser de 200 milhões de euros, mais 10 milhões do que atualmente. As novas regras são válidas já a apartir de terça-feira (4 de fevereiro), sendo que o primeiro Super Jackpot Mínimo Garantido do ano, no valor de 130 milhões de euros, vai realizar-se a sete de fevereiro.

Segundo o novo regulamento do Euromilhões, publicado em Diário da República, "quando não forem escrutinadas apostas com direito ao 1.º prémio, o montante a este destinado acresce ao valor do 1.º prémio do concurso imediatamente seguinte, até ao montante de 200 milhões de euros".

O prémio máximo continua a estar disponível apenas por cinco sorteios. No entanto, quando o prémio máximo for entregue "no ciclo seguinte o valor máximo aumentará para 210 milhões, e o mesmo mecanismo será repetido, sucessivamente, em parcelas de 10 milhões, até atingir o montante máximo de 250 milhões", indica a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), que gere os jogos sociais do Estado, num comunicado sobre as novas regras. Serão feitos também três sorteios promocionais de Super Jackpot Mínimo Garantido, onde o prémio mais pequeno ascende aos 130 milhões de euros (quando o habitual são 17 milhões).

As novidades vão passar ainda por uma reformulação da identidade visual do concurso. Os boletins de apostas assumem um azul mais escuro e o logótipo trocou o trevo de quatro folhas por estrelas.

O que se mantém?

O formato do jogo mantém-se inalterado: os apostadores devem continuar a escolher em cada aposta cinco números e duas estrelas.

Também o preço das aposta continua igual, com um mínimo de 2,5 euros para entrar no jogo. Este valor já inclui o sorteio semanal do jogo "M1LHÃO". O valor mínimo do primeiro prémio permanece de 17 milhões de euros.

Portugal acertou 77 vezes na chave vencedora

França, Reino Unido, Espanha, Portugal, Bélgica, por esta ordem, são os países onde mais vezes saiu o primeiro prémio do Euromilhões. Dos 482 vencedores do jackpot do concurso, 77 são portugueses.

O Euromilhões é o segundo jogo mais procurado em Portugal, só superado pela raspadinha. Em terceiro lugar no top de vendas está o Placard e em quarto a Lotaria Nacional. De acordo com o Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, em 2018 (últimos dados disponíveis), o Euromilhões rendeu 708 milhões de euros.

O Euromilhões foi lançado a 13 de fevereiro de 2004, em Espanha, França e Inglaterra. A Portugal, à Irlanda, à Áustria, Bélgica, Suíça e Luxemburgo chegou a 2 de outubro do mesmo ano. O primeiro sorteio, em Portugal, realizou-se no dia 8 de outubro de 2004.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG