Comando morre em quartel na Carregueira. Soldado esteve na República Centro-Africana

Polícia Judiciária Militar está a investigar o incidente com um soldado oriundo da Madeira no Regimento de Comandos.

Um soldado dos Comandos morreu esta sexta-feira dentro do quartel da Carregueira. Era natural da Madeira e já tinha estado em missão na República Centro-Africana (RCA), soube o DN.

O jovem, na casa dos 20 anos, parece ter-se suicidado com a espingarda automática de um dos militares que estava de serviço na zoa dos paióis.

O militar, que estava de folga e poucas vezes iria a casa, terá virado deliberadamente a arma contra si, uma vez que morreu com um tiro no peito, adiantaram as fontes.

O soldado já tinha alguma experiência operacional, obtida em pelo menos uma das duas missões cumpridas pelos Comandos na RCA ao serviço das Nações Unidas.

O INEM esteve no local e a Polícia Judiciária Militar está já a investigar o caso, confirmou o DN.

Mais Notícias