Bombeiros encontram corpo em incêndio no centro do Porto

O homem de 55 anos tinha sido dado como desaparecido no incêndio que deflagrou esta madrugada. Outras cinco pessoas ficaram feridas.

Os bombeiros já encontraram o corpo do homem que tinha sido dado como desaparecido na sequência do incêndio que deflagrou este sábado de madrugada na Baixa do Porto. A informação foi confirmada ao DN pelo Comando Distrital de Operações de Socorro do Porto. Cinco pessoas ficaram feridas no incêndio.

Segundo os Sapadores Bombeiros do Porto, no terceiro andar deste edifício já antigo, vivia uma família: a mãe e os três filhos. A vítima mortal será um homem de 55 anos que terá tentado ajudar a mãe a sair do prédio.

Após o controlo do incêndio, os bombeiros estiveram durante horas a remover o entulho até encontrarem o corpo do desaparecido.

Os três familiares foram levados ao hospital devido à inalação de fumo. Também o casal do prédio contíguo - onde chegou a haver propagação das chamas ao nível da cobertura - se deslocou ao hospital. Tratou-se de uma medida de precaução, já que a mulher está grávida.

O incêndio provocou a destruição do edifício de três andares, com o desabamento da cobertura do prédio situado na Rua Alexandre Braga, nº 100, no centro da cidade. Os bombeiros avançaram que ficou sem condições de habitabilidade.

Segundo disse ao DN o Comando de Operações e Socorro do Porto, estão ainda no local 39 homens, entre bombeiros, polícias e pessoal do INEM. Foram deslocados 11 veículos.

As operações de remoção de entulho são "complexas" e irão demorar algumas horas.

O alerta para os bombeiros foi dado às 4.37. Ainda não é conhecida a origem do incêndio, mas a Polícia Judiciária já esteve no terreno a investigar.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG