Homem e mulher invadem Santuário de Fátima e ficam retidos pela GNR

Início das celebrações marcado por incidente. Casal tentou entrar no recinto vedado por causa da pandemia.

Um homem e uma mulher furaram as barreiras de segurança do Santuário de Fátima e conseguiram entrar no recinto, causando um incidente que está a marcar o início das celebrações.

Eram 21h30 quando um homem, cuja nacionalidade se desconhece, mas que falava espanhol, conseguiu introduzir-se no recinto do Santuário de Fátima, fechado aos peregrinos nestes dois dias.

"Foi impedido de entrar pela GNR e pelos vigilantes, mas saltou a barreira e conseguiu entrar", explicou aos jornalistas Carmo Rodeia, do gabinete de comunicação do Santuário.

Logo depois, uma mulher que estaria com ele entrou também no recinto, gritando "Senhora, ajuda-me!", descontroladamente. Os vigilantes correram a imobilizar o homem no chão, bem como a mulher, encostada à vedação da Azinheira.

"O que sabemos é que este homem já durante a tarde tentou entrar, pelo lado sul. Agora acabou por conseguir entrar pelo lado norte", disse a mesma responsável.

O DN assistiu ao momento em que o homem entrou, carregando um quadro com a imagem de Nossa Senhora de Fátima. Rapidamente os vigilantes correram a imobilizá-lo, facto que a mulher aproveitou para entrar, com uma cruz e um terço na mão. "Não sabemos se existe alguma relação entre eles", afirmou Carmo Rodeia.

Ambos estão neste momento "retidos", apenas, à guarda da GNR.

Mais Notícias