Grupo Bel de Marco Galinha torna-se acionista da Global Media

A Global Media chegou a acordo com o grupo Bel, do empresário Marco Galinha, para a sua entrada como acionista da empresa.

"Os acionistas da Global Media e o grupo Bel chegaram a acordo para a entrada deste na estrutura acionista da empresa", informa uma nota interna do Global Media Group.

"Esta parceria, que será formalizada após a conclusão dos devidos procedimentos, visa o relançamento estratégico de um dos principais grupos de referência da comunicação social em Portugal, num momento desafiante para o setor e para o país", refere a Global Media, dona de Diário de Notícias (DN), Jornal de Notícias (JN), TSF, entre outros títulos, sendo ainda acionista da Lusa.

O Global Media Group (GMG) tem como acionistas a KNJ Global Holdings Limited, com 35,25%, José Pedro Carvalho Reis Soeiro, com 24,5%, Olivemedia, Unipessoal, Lda., com 19,25%, o Novo Banco, com 10,5%, e a Grandes Notícias, igualmente com 10,5%.

A administração do GMG é presidida por José Pedro Soeiro, que assumiu o cargo, com o fim do mandato de Proença de Carvalho, até à eleição do novo conselho de administração.

O grupo Bel, que apresentou uma proposta de compra da Media Capital em abril, foi fundado em 2001 por Marco Galinha e tem atividades em vários setores, entre os quais máquinas de vending (máquinas de venda automática) e aeronáutica, e entrou nos media em 2018, através do Jornal Económico.

O empresário Marco Galinha, natural de Rio Maior e sétimo de oito irmãos, é presidente executivo e presidente do conselho de administração do grupo Bel, que fundou em 2001.

Atualmente exerce o cargo de CEO e presidente do conselho de administração do Grupo Bel S.A.

De acordo com informação disponibilizada do site do grupo, Marco Galinha viveu a sua infância e adolescência na vila da Benedita, concelho de Alcobaça, e "desde cedo que se destacou na prática de desporto de alta-competição, tendo sido campeão nacional de downhill em 1995".

Em 1996, entra no Instituto Superior Técnico em Engenharia Informática, "optando por não terminar a licenciatura para fundar, aos 20 anos, a sua primeira empresa - a Bel Network Solutions - dedicada ao desenvolvimento de software".

Em 2007, ingressa na Harvard Business School para se especializar em marketing e gestão.

Há dois anos, além de se tornar acionista da Megafin, detentora do Jornal Económico, com 10%, torna-se, através do grupo Bel, acionista de referência das entidades Active Space Tecnhologies, Active Space Automation e Active Aerogels Lda, dedicadas a áreas de negócio como o espaço e a indústria, é referido no site.

No ano passado, adquiriu a Metalúrgica Luso-Italiana, dedicada ao setor da indústria e detentora da marca Zenite, "e consolida a sua posição na área da distribuição com a aquisição da empresa Augusto Duarte Reis".

Marco Galinha foi conselheiro no CES - Conselho Económico Social (2016-2019), vogal na CIP - Confederação Empresarial de Portugal (2016-2019) e vice-presidente da ANJE - Associação Nacional de Jovens Empresários (2016-2019).

Em 2016, o empresário foi um dos "tubarões" do programa da SIC Shark Tank.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG