Força Aérea resgata com sucesso tripulante de barco de pesca nos Açores

Jovem indonésio de 27 anos apresentava um traumatismo cranioencefálico e torácico

A Força Aérea Portuguesa (FAP) resgatou "com sucesso" um tripulante de uma embarcação de pesca a cerca de 267 milhas da ilha Terceira, nos Açores, por este apresentar "um traumatismo cranioencefálico e torácico", foi anunciado esta terça-feira.

Em comunicado, a Marinha adianta que, através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), em articulação com o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento das Lajes (RCC Lajes) e com o Centro de Orientação de Doentes Urgentes Mar (CODU-Mar), foi coordenado, desde as 19:58 de segunda-feira, uma operação de resgate de um tripulante masculino, de 27 anos e de nacionalidade indonésia.

O homem estava diagnosticado com "traumatismo cranioencefálico e torácico", a bordo da embarcação de pesca "Fascínios do Mar", com bandeira portuguesa, a cerca de 267 milhas (494Km) a nordeste da Ilha Terceira, acrescenta o mesmo comunicado.

Para proceder ao resgate foram utilizados um helicóptero EH-101 e uma aeronave C-295 da FAP, tendo sido "efetuado com sucesso e o paciente desembarcado no Aeroporto João Paulo II, na ilha de São Miguel, e posteriormente transportado para o Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada.

A Marinha indica ainda que estiveram envolvidos nesta operação o MRCC Delgada, o RCC Lajes, o CODU-MAR, um helicóptero EH-101 e uma aeronave C-295 da FAP, além de uma ambulância do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG