Ex-chefe de gabinete de António Costa é a nova presidente da FLAD

Primeiro-ministro designou esta sexta-feira os nomes do novo Conselho de Administração da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento. Rita Faden sucede ao social-democrata Vasco Rato na presidência

Chefe do gabinete de António Costa entre 2015 e 2018, Rita Faden foi exonerada no verão passado e teve uma passagem de três meses pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros até ser, esta sexta-feira, nomeada como a nova presidente da FLAD.

Numa nota enviada pelo gabinete do primeiro-ministro às redações, foram também dados a conhecer os restantes nomes que compõem o Conselho de Administração da fundação para os próximos cinco anos: Elsa Henriques, Vítor Martins, Rodrigo Vasconcelos de Oliveira e James J. Kelly.

Rita Faden sucede ao antigo vice-presidente do PSD Vasco Rato na presidência da FLAD, uma fundação privada e financeiramente autónoma criada em 1985 pelo Estado português com vista a promover as relações entre Portugal e os Estados Unidos, visando o desenvolvimento económico, social e cultural.

Antes de Vasco Rato, que estava na presidência desde 2014, o cargo foi ocupado pela antiga ministra da Educação do PS, Maria de Lurdes Rodrigues, entre 2010 e 2013, e, antes, por Rui Machete, que liderou a fundação durante 22 anos, de 1988 a 2010.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG