Elemento do Comando Nacional da Proteção Civil está infetado

Para "garantir a continuidade das operações e a manutenção do comando das operações, assim como da prestação do socorro", foi montado o Centro Tático de Comando, diz a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

Um elemento da sala de operações do Comando Nacional da Proteção Civil, sediado em Carnaxide (Oeiras), está infetado com o novo coronavírus, o que levou à testagem dos restantes membros desta unidade e à descontaminação das instalações.

De acordo com informação enviada à agência Lusa pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), "um elemento da sala de operações" do Comando Nacional testou positivo à presença do SARS-Cov-2.

"Todos os elementos do Comando Nacional fizeram o teste" à presença do novo coronavírus, que foram efetuados por equipas do Instituto Nacional de Emergência Médica, e foi "realizada a descontaminação das instalações do Comando Nacional, por equipas da GNR", prossegue a ANEPC.

De modo a "garantir a continuidade das operações e a manutenção do comando das operações, assim como da prestação do socorro", foi montado o Centro Tático de Comando, acrescenta a ANEPC.

O regresso às instalações do Comando Nacional é expectável para a manhã desta sexta-feira, segundo a ANEPC.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 667 mil mortos e infetou mais de 17 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Portugal contabiliza pelo menos 1.727 mortos associados à covid-19 em 50.868 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde.

Mais Notícias