Derrame de matérias perigosas obriga a evacuação de dois pisos no Hospital do SAMS

Pessoas transportadas a hospital para observação, mas não há registo de feridos. Decorrem operações de limpeza e descontaminação. Três pessoas precisaram de assistência médica na sequência de uma reação química.

Um derrame de matérias perigosas obrigou esta sexta-feira à evacuação de dois pisos no Hospital de SAMS, nos Olivais, em Lisboa, confirmou ao DN fonte do Bombeiros Sapadores de Lisboa, que estão no local a resolver a situação.

Em declarações à Lusa, o comandante do Regimento Sapadores Bombeiros, Tiago Lopes, indicou que "houve uma libertação de gases durante o manuseamento de produtos químicos", situação que causou irritações alérgicas em "três pessoas".

O incidente ocorreu no departamento de Anatomia Patológica do Hospital dos Serviços de Assistência Médico-Social (Sindicato dos Bancários), disse, por seu turno, fonte hospitalar, acrescentando que as três pessoas foram "observadas por precaução", encontrando-se fora de perigo.

Não há registo de feridos, mas houve três pessoas que receberam observação hospitalar na sequência de uma reação durante o manuseamento de produtos químicos

Neste momento decorrem operações de recolha de matérias perigosas e de verificação dos "níveis" da qualidade do ar.

Segundo a página da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, o alerta foi dado pelas 12:20 e foram mobilizados para o local, na freguesia dos Olivais, 32 operacionais e oito veículos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG