Camião andou 3 km em contramão. Foi imobilizado por carro de agente

O condutor do camião que causou acidente na Segunda Circular está a ser ouvido.

O camião que esta manhã entrou em contramão na Segunda Circular, em Lisboa, causando vários acidentes e três feridos, andou cerca de três quilómetros em sentido contrário, acabando por "ser imobilizado por um agente à civil que passava no local", adiantou o chefe Madaíl dos Santos, da PSP. "O agente travou o camião com a sua própria viatura. Desta manobra não resultaram danos nas viaturas, nem pessoas", indicou.

O condutor foi transportado para a Divisão de Trânsito para prestar declarações, incorrendo num crime rodoviário.

O acidente ocorreu às 07:22, no sentido aeroporto - Benfica, envolveu nove veículos e causou três feridos, um dos quais grave. Obrigou também ao corte do trânsito nos dois sentidos da Segunda Circular, que foi reaberto pelas 11:00 desta segunda-feira.

Uma fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) tinha adiantado anteriormente à agência Lusa que o acidente causou dois feridos, um dos quais a precisar de cuidados adicionais.

O chefe Madaíl dos Santos contou que o camião, que transportava contentores de obra vazios, entrou em contramão na zona da Alta de Lisboa, tendo percorrido dois a três quilómetros em sentido contrário, provocando acidentes. Foi necessário proceder ao reboque da viatura pesada e limpar a via de detritos e de gasóleo.

Madaíl dos Santos explicou que à saída da A1, no sentido Norte-Sul, o trânsito foi desviado para o IC2 e CRIL, Sacavém.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG