Chuva fica até sábado e até pode nevar na Serra da Estrela

Temperatura vão subir a partir de domingo mas ainda ficam abaixo da média habitual do mês de junho, segundo o IPMA.

Até sábado, a chuva e o vento devem atingir o território nacional, sobretudo o norte e centro, e nesta quinta-feira ainda pode nevar na Serra da Estrela, segundo as previsões do Instituto Português do Ar e da Atmosfera (IPMA). Mas a partir de domingo as temperaturas começam a subir, ainda que de forma moderada.

A possibilidade de neve nesta noite de quinta-feira é um fenómeno atípico, segundo o IPMA. É provocado por uma massa de ar frio, que não é muito frequente nesta altura do ano. A última vez em que tal aconteceu foi em junho de 2013, nas Penhas Douradas, segundo a TSF.

Nesta feriado, há uma descida significativa da temperatura máxima entre os seis e os oito graus Celsius, em especial nas regiões do interior, e os aguaceiros vão acontecer, embora nos próximos dois dias sejam mais intensos, a norte. "Amanhã será um dia muito semelhante, com menos precipitação na região Sul. Quer na sexta-feira, quer no sábado, a precipitação será mais intensa nas regiões do Norte e Centro", disse a meteorologista Madalena Rodrigues, do IPMA, à TSF.

Só a partir de sábado é que os termómetros voltam registar valores mais adequados ao Verão mas ainda assim abaixo da média do mês de junho.

A partir de domingo e durante a próxima semana, a temperatura estará acima dos 20 graus em Portugal, com regiões do interior e mais a sul a atingirem valores mais elevados, perto dos 30 em algumas regiões.

Mesmo nestas circunstâncias o risco de incêndio é uma realidade. Para esta quinta-feira, o IPMA colocou 24 concelhos em risco muito elevado.

Segundo o IPMA, estão em risco máximo de incêndio os concelhos de Silves, São Brás de Alportel, Tavira, Castro Marim, Alcoutim e Loulé (Faro), Abrantes, Mação e Sardoal (Santarém), Gavião e Nisa (Portalegre) e Figueira Castelo Rodrigo (Guarda).

No distrito de Bragança, estão sob este alerta os concelhos de Torre de Moncorvo, Freixo de Espada-à-Cinta, Mogadouro, Macedo de Cavaleiros, Vimioso, Mirandela, Alfândega da Fé e Vila Flor.

Os concelhos de Vila de Rei, Proença-a-Nova, Vila Velha de Ródão e Idanha-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, também apresentam risco máximo de incêndio.

O risco de incêndio determinado pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Mais Notícias