14 pessoas em quarentena após férias no Porto Santo. Apresentador Jorge Gabriel é uma delas

Todas as pessoas que estiveram em contacto com a mulher diagnosticada com covid-19 fizeram testes, cujos resultados deverão ser conhecidos nesta quarta-feira. O apresentador Jorge Gabriel fez um primeiro teste, que deu negativo.

Catorze pessoas estão em quarentena, 11 das quais no Porto Santo, depois de terem contactado com uma visitante que esteve na ilha e acusou positivo após o regresso ao continente, disse fonte da autoridade de saúde da Madeira.

O apresentador da RTP Jorge Gabriel é uma das pessoas que iniciaram ontem um período de quarentena "devido ao facto de ter estado em contacto, no Porto Santo, com uma pessoa a quem foi diagnosticada covid-19", refere a RTP em comunicado enviado às redações.

Jorge Gabriel "encontra-se bem e não tem qualquer sintoma, apenas se encontra a cumprir as normas emanadas pela DGS", refere a mesma nota da estação pública.

Num vídeo partilhado no Instagram, o apresentador revela que está de quarentena em casa, em Lisboa, depois de ter estado em contacto com uma amiga que foi diagnosticada, já no continente, com covid-19. "Estou ótimo, sem problema algum." Conta que fez um teste, cujo resultado foi negativo, mas referiu que não quer dizer que não possa estar infetado. "Por causa disso, estou em casa nas próximas duas semanas pelo facto de o teste não dar uma resposta 100% real aos dias anteriores que eu vivi."

Jorge Gabriel explica que a amiga já estava "adoentada" durante as férias, voltou para o continente e fez o teste, que deu positivo. "Evidentemente que todas as pessoas com quem ela tinha contactado nas últimas horas, dias, que era o meu caso, foram imediatamente confinadas." Nesse sentido, continua o apresentador, vai estar em casa nos próximos dias, ausente do trabalho.

No vídeo conta ainda que a amiga viajou primeiro para a Madeira, onde esteve dois a três dias, tendo depois estado no navio Lobo Marinho, que faz a travessia entre o Funchal e Porto Santo, "onde degradou o seu estado de saúde". "Foi tendo febre, sentindo-se mal, foi tendo algumas dores", pormenoriza o apresentador.

"Como todos estes sintomas não se alteraram, assim que chegou na segunda-feira passada ao continente, foi ao hospital de Cascais, onde testou positivo", explica Jorge Gabriel, indicando que a sua família está no Porto Santo, em casa, a aguardar os testes de despiste à covid-19.

"Não existe qualquer caso positivo no Porto Santo", declarou na terça-feira a mesma fonte do Instituto da Administração de Saúde da Madeira (IASAÚDE).

A mesma fonte adiantou que a autoridade regional de saúde da Madeira teve conhecimento da existência de "uma pessoa que esteve nas últimas semanas de férias no Porto Santo e apresentou hoje [terça-feira] um resultado positivo ao teste no continente".

"Catorze pessoas que são próximas a este caso positivo estão em isolamento e aguardam o resultado do teste", indicou.

Resultados dos testes conhecidos nesta quarta-feira

Quanto ao caso positivo, a mesma fonte referiu tratar-se de "uma mulher do continente português" que "chegou com resultado negativo ao Porto Santo" e esteve "num alojamento privado" durante a permanência na ilha.

Estão "identificadas 11 pessoas no Porto Santo que tiveram proximidade ao caso positivo, que estão em quarentena, a maioria é do continente e também estava de férias no Porto Santo", acrescentou.

A fonte do IASAÚDE assegurou que "todas as pessoas que tiveram contacto fizeram já os testes" e os "resultados deverão ser conhecidos na quarta-feira de manhã".

O boletim epidemiológico divulgado na terça-feira por este instituto referia que a Madeira não registou casos de covid-19 nas últimas 24 horas, e assinalou 11 recuperados, reduzindo o número de infeções ativas para 24 e destacando que três doentes tiveram alta hospitalar.

A região contabilizava na terça-feira um total de 118 casos recuperados de covid-19, mantendo-se o total cumulativo de 142 casos positivos, dos quais 24 estão ativos, dos quais 23 são casos importados identificados no contexto das atividades de vigilância implementadas no Aeroporto da Madeira e apenas um de transmissão local.

"Relativamente ao isolamento dos casos positivos, 18 pessoas cumprem isolamento numa unidade hoteleira dedicada e seis em alojamento próprio", esclareceu o IASAÚDE no comunicado.

O comunicado acrescentou que os três doentes que se encontravam hospitalizados (na unidade de internamento polivalente dedicada à covid-19 e na unidade de cuidados intensivos) encontram-se recuperados e tiveram alta para o domicílio.

Na terça-feira, foram ainda identificadas duas situações de viajantes que se encontram em estudo pelas autoridades de saúde, sustentava o boletim epidemiológico da região.

No contexto da operação de rastreio de viajantes nos portos e aeroportos da Madeira e do Porto Santo, em vigor desde 1 de julho, há a reportar um total cumulativo de 38 075 colheitas para teste ao novo coronavírus realizadas até às 17.00 de terça-feira.

"À data, 18 002 pessoas estão a ser acompanhadas pelas autoridades de saúde dos vários concelhos da região, com recurso à aplicação MadeiraSafeToDiscover, 7506 destas pessoas estão em vigilância ativa", assinalou o IASAÚDE.

Em Portugal, morreram 1805 pessoas das 55 912 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Mais Notícias