Louçã, o Chairman de Portugal

A ascensão de Francisco Louçã, proeminente comentador político, ex-líder partidário, a um alto lugar do poder caseiro já merece um ensaio jornalístico. A seu tempo será feito mas, por agora, vale uma análise rápida sobre o que conseguiu o político que abdicou do poder de liderar uma minoria para ter poder sobre a grande maioria de esquerda.

Se o poder executivo está entregue a António Costa, tal só é possível porque em determinado momento da nossa vida coletiva Louçã o ajudou a conquistar. A geringonça teve o ex-líder do Bloco como intermediário. Sem que o PCP percebesse muito bem como tudo estava a ser construído, à nascença Louçã terá determinado que, neste novo poder, se Costa seria o CEO ele teria de ser o chairman.

O grande comentador, sem o mínimo de espaço para a isenção, vai decretando que o PSD já se dá por derrotado e que em Rui Rio há uma "pastelice ideológica". Não é como dirigente partidário que faz comentário mas é o Bloco, em primeiro lugar, e a geringonça, por acréscimo, que procura defender. Está na SIC e na TSF e estará no Expresso. A política feita através de órgãos de comunicação social com grande capacidade de influência. Muito mais poder e muito menos escrutínio numa atividade política em que tem muito mais poder do que alguma vez teve.

O Chairman de Portugal é também professor catedrático no ISEG, conselheiro de Estado de Marcelo Rebelo de Sousa e membro do Conselho Consultivo do Banco de Portugal. O poder de Louçã é a maior garantia que o Bloco de Esquerda pode ter para se manter na crista da onda. Mariana Mortágua, Jorge Costa, Catarina Martins, Pedro Filipe Soares e muitas outras figuras do BE representam a capacidade do partido em se renovar, mas é a Louçã que devem a capacidade de gerir parte do poder que entregaram a António Costa. Esta é a grande mais-valia que o BE tem sobre o PCP. Os bloquistas interessaram-se genuinamente pelo exercício do poder e, pela calada, ganharam o lugar de presidente do Conselho de Administração de Portugal.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG