O jesuíta português que desenhou para Scorsese

Um padre jesuíta viciado em desenhos ajudou a fazer um trailer para Silêncio, de Martin Scorsese, o filme sobre missionários jesuítas portugueses no Japão do século XVII que estreia na próxima quinta-feira.

Esta é a história do urban sketcher Nuno Branco - que podia ter sido arquiteto mas acabou sacerdote devido a uma paixão de fé. O filme de Martin Scorsese sobre os missionários jesuítas portugueses no Japão do século XVII e a perseguição de que os cristãos eram alvo nesse país - baseado no livro de Shûsako Endô - chega finalmente às salas esta semana. Historicamente, Portugal já está envolvido. Mas o país é também o único, de todos onde Silêncio será distribuído, que terá direito a um trailer local.

Tudo começou com uma sugestão da Companhia de Jesus em Portugal, parceira oficial e distribuidora do filme para o mercado nacional. Sabendo que tinham, entre os seus, um ilustrador de extraordinário talento, o urban sketcher Nuno Branco, os jesuítas portugueses lançaram o desafio. A NOS propôs à Paramount e o resultado já deverá estar disponível.

Leia a história na Notícias Magazine.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG