WikiLeaks vai ajudar empresas a defenderem-se de espionagem

Fundador da WikiLeaks deu uma conferência de imprensa online onde abordou a recente divulgação, por parte da organização que dirige, de segredos de espionagem da CIA

"É um devastador e histórico ato de incompetência", diz Julian Assange sobre a CIA, na sequência da divulgação de milhares de documentos confidenciais da agência de segurança por parte da WikiLeaks.

Em conferência de imprensa online esta quinta-feira, Assange diz que a organização vai trabalhar com as empresas de tecnologia para as ajudar a defenderem-se das armas de espionagem e hacking da CIA.

O fundador da WikiLeaks, de acordo com a CBS, disse ainda que várias empresas têm pedido mais detalhes sobre a situação e o "arsenal" de espionagem da CIA.

"A CIA perdeu o controlo do seu arsenal de armas cibernéticas. Vírus que são armas e software malicioso desenhado para penetrar smartphones, televisões e computadores no mundo", explicou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG