Vitória de Putin e Medvédev. "O partido obteve um resultado muito bom. Ganhou"

Participação eleitoral nas eleições parlamentares é uma das mais baixas da história pós-soviética do país

O presidente russo, Vladímir Putin, deu por certa a vitória do partido do governo, Rússia Unida, nas eleições parlamentares celebradas hoje no país.

"Já se pode anunciar com segurança. O partido obteve um resultado muito bom. Ganhou", disse Putin na sede da Rússia Unida após serem divulgadas as sondagens à boca da urna, que dão uma clara vitória à formação do Kremlin, à medida que os primeiros resultados oficiais vão sendo conhecidos.

O mandatário russo destacou que, apesar de "a vida não ser fácil e haver muitos problemas por solucionar, as pessoas votam de todas as formas na Rússia Unida".

Também o primeiro-ministro russo e cabeça de lista da Rússia Unida, Dmitri Medvédev, deu por certa a vitória da sua formação e classificou de "muito bom" o resultado.

"Está claro que a Rússia Unida terá maioria na Duma do Estado (Câmara baixa do Parlamento), agora resta ver que maioria", prosseguiu Dmitri Medvédev no seu discurso perante militares e simpatizantes reunidos na sede do partido.

Putin reconheceu que a participação eleitoral "não foi a mais alta" em comparação com outros atos eleitorais do passado, mas insistiu que "é alta" de todas as formas, embora os dados às 18:00 (hora local) apontam para uma das mais baixas da história pós-soviética do país.

A afluência às urnas foi bastante baixa: 39,7 por cento três horas antes do fecho das urnas, segundo a Comissão Eleitoral Central.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG