Venezuela: oposição convoca greve de 48 horas para quarta e quinta-feira

Greve contra o presidente e o projeto de alterar a Constituição

A oposição venezuelana convocou no sábado uma greve de 48 horas para quarta-feira e quinta-feira contra o Presidente Nicolás Maduro e contra o seu projeto de alterar a Constituição.

"Convocamos toda a população, todos os setores, para 48 horas de greve cívica", disse durante uma conferência de imprensa o deputado Simon Calzadilla, em nome da Mesa da Unidade Democrática (MUD), a coligação da oposição.

O mesmo deputado anunciou para a próxima sexta-feira, 28 de julho, uma manifestação para exigir que o Presidente Maduro "retire" o seu projeto de Assembleia Constituinte.

É no domingo, 30 de julho, que devem ser eleitos os 545 membros da Assembleia Constituinte para fazer alterações à Constituição venezuelana.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG