Lusodescendente morre em confronto com a polícia da Venezuela

Um lusodescendente conhecido como "El Portuguesito", suspeito de liderar um grupo de criminosos, morreu durante um confronto com a polícia na localidade venezuelana de La Victoria

Segundo fontes da comunidade portuguesa local, o confronto ocorreu no domingo depois de residentes de El Castaño, em La Victoria, a 80 quilómetros a oeste de Caracas, capital da Venezuela, chamarem a polícia para conter alegadas ameaças do lusodescendente e do seu grupo.

O jovem, de 26 anos, ter-se-á apercebido de que em curso estava uma operação policial e respondeu a tiros contra funcionários do grupo de Forças de Ações Especiais da Polícia Nacional Bolivariana.

De acordo com fontes policiais, o grupo liderado pelo lusodescendente era suspeito de ter matado, em junho, um funcionário da Polícia Municipal de La Victoria.

Residentes em El Castaño e outras localidades próximas responsabilizam o grupo criminoso do "El Portuguesito" de vários assaltos a residências e por extorquir dinheiro a troco de segurança.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG