Queda de raios numa montanha da Polónia faz pelo menos cinco mortos

O número de vítimas tem sido atualizado pelas autoridades polacas, Queda de raios sobre a montanha Tatra, no sul da Polónia, provocou já cinco mortos e pelo menos 30 feridos. Entre as vítimas mortais há duas crianças.

Pelo menos cinco pessoas, incluindo duas crianças, morreram e mais de 30 ficaram feridas durante uma tempestade repentina nas montanhas Tatra, entre a Polónia e a Eslováquia.

A maioria das vítimas registou-se na parte polaca da montanha, onde os raios terão atingido uma cruz de metal no topo do Monte Giewont, bem como uma corrente de metal presa ao último trecho da subida para ajudar os alpinistas a chegar ao topo, segundo media locais. Uma pessoa morreu na Eslováquia.

A porta-voz do Serviço de Resgate Aéreo polaco, Kinga Czerwinska, disse que a maior parte das vítimas integrava um grupo de turistas que se encontrava no pico Giewont, mas que a tempestade se abateu sobre outros pontos da região, onde também provocou vítimas.

Citada pela televisão polaca TVN24, a porta-voz do Serviço de Resgate Aéreo afirmou que alguns dos feridos foram transportados de helicóptero para o hospital de Zakopane, situado na cordilheira, e outros para unidades de saúde que não identificou.

Testemunhas referiram que a tempestade se abateu repentinamente num dia que tinha começado com céu limpo.

Ainda segundo cadeia de televisão TVN24, um dos turistas declarou que o grupo não teve tempo para se refugiar porque a tempestade surgiu de repente.

"Estávamos a passear quando ouvimos um trovão. Alguém disse que poderia ser um avião porque nada indicava que se estivesse a formar uma tempestade, mas era, na verdade, uma tempestade que se abateu sobre o grupo", explicou o turista.

Não foram divulgadas ainda as nacionalidades dos turistas.

(Atualizada às 20:15)

Mais Notícias