UNITA arranca com congresso para eleger sucessor de Samakuva

Aos 73 anos, Samakuva, que se retira após 16 anos no cargo, afirmou em outubro que deixaria a liderança da UNITA após a eleição do seu sucessor, mas deixou claro que vai continuar na política.

A UNITA, principal partido da oposição angolana, inicia esta quarta-feira o seu XIII congresso ordinário onde será eleito novo líder, o terceiro, depois do fundador Jonas Savimbi e do atual presidente, Isaías Samakuva, que sai ao fim de 16 anos.

Entre hoje e sexta-feira, 1.150 delegados vão escolher entre os cinco candidatos à sucessão de Isaías Samakuva o que consideram ser o mais adequado a liderar a União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), fundada por Savimbi em 1966.

Na corrida à liderança da UNITA estão o atual presidente do grupo parlamentar do partido, Adalberto da Costa Júnior, o vice-presidente, Raul Danda, o porta-voz da UNITA, Alcides Sakala, o deputado José Pedro Katchiungo e o general Abílio Kamalata Numa.

Limites aos mandatos

A imposição de limites aos mandatos e ao número de candidaturas são outros assuntos que vão ser debatidos no conclave do partido do "Galo Negro", que se realiza no município de Viana, em Luanda.

Durante o congresso, está também previsto que o presidente cessante apresente um relatório de atividades dos seus últimos quatro anos de mandato.

Aos 73 anos, Samakuva, que se retira após 16 anos no cargo, afirmou no passado mês de outubro que deixaria a liderança da UNITA após a eleição do seu sucessor, mas deixou claro que vai continuar na política.

"Vou fazer política ainda e o parlamento para mim é a plataforma mais adequada para fazer política", disse o presidente cessante da UNITA, numa conferência de imprensa na sede da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), onde admitiu mesmo candidatar-se às autárquicas.

Na eleição para presidente da UNITA sairá vencedor o candidato que atingir 50% dos votos mais um, não estando de parte a hipótese de se realizar uma segunda volta em caso de empate.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG