Trump visita irmão em hospital de Nova Iorque

Esta é a segunda vez, em pouco tempo, que Robert Trump fica hospitalizado, embora não seja conhecido o motivo.

O presidente dos Estados Unidos voltou a colocar uma máscara para visitar o irmão mais novo no Hospital Presbiteriano de Nova Iorque, esta sexta-feira. Em declarações à comunicação social, citadas pela BBC, Donald Trump admitiu que o irmão está a passar um "momento muito difícil".

Embora não seja clara a razão do internamento de Robert Trump, 72 anos, que geria os investimentos imobiliários do irmão, o chefe de estado norte-americano disse, a caminho da unidade hospitalar, que Robert não se encontrava bem.

Já em junho, notícias, confirmadas pelo porta-voz da Casa Branca, davam conta de que Robert Trump, esteve mais de uma semana internado nos cuidados intensivos do hospital Mount Sinai, em Manhattan (Nova Iorque), sem que tenha sido referido o porquê.

Robert e Trump têm, de acordo com o segundo, uma relação muito próxima desde crianças. Recentemente, Robert defendeu o irmão em tribunal num processo em que este tentou evitar a publicação do livro "Como a Minha Família Criou o Homem Mais Perigoso do Mundo", escrito pela sobrinha Mary Trump.

"Tenho uma relação maravilhosa com o meu irmão. Espero que ele fique bem, mas está a passar por um momento muito difícil", disse aos jornalistas Trump, antes da visita ao irmão, esta sexta-feira.

O presidente esteve 45 minutos no hospital de Nova Iorque. Após os quais, voou para o seu campo de golfe em Bedminster, New Jersey.

Mais Notícias