Trump chama mentiroso a Cruz e ataca Bush com as guerras do irmão

Debate republicano ficou marcado pela troca de acusações. Magnata lidera sondagens para primárias de dia 20 na Carolina do Sul

Donald Trump voltou a ser a estrela de um debate entre os candidatos à nomeação republicana para a Casa Branca, mas desta vez não foi pelas melhores razões. O milionário que está à frente das sondagens para as primárias da Carolina do Sul, que se realizam no dia 20, atacou Jeb Bush criticando as políticas do irmão, o ex-presidente George W. Bush, mas ouviu apupos da audiência. Trump também chamou vários adversários de mentirosos, com o senador Ted Cruz a lembrar que cada vez que o magnata é confrontado com o que disse, responde "mentiroso, mentiroso".

"As Torres Gémeas ruíram durante o reinado do teu irmão. Lembra-te disso", gritou Trump quando se dirigia a Jeb Bush no debate de sábado à noite na CBS, culpando as falhas de segurança do mandato do ex-presidente pelo ataque terrorista do 11 de setembro de 2001. E não se ficou por aí, chamando o antigo governante de mentiroso por causa da alegada existência de armas de destruição massiva no Iraque, argumento que levou à intervenção dos EUA em 2003. "George Bush errou. Eles mentiram. Disseram que havia armas de destruição massiva. E não havia", disse Trump, que muitas vezes perdeu a calma e teve a pior prestação de sempre num debate.

Desta vez, Jeb Bush - que hoje contará com o irmão George ao seu lado na campanha - soube responder à letra: "Estou farto e cansado que ele ataque a minha família", afirmou, naquele que os analistas dizem ter sido o seu melhor debate. "Enquanto Trump estava a construir um reality show, o meu irmão estava a construir um sistema de segurança para nos manter seguros. E tenho orgulho no que ele fez", disse.

O senador Marco Rubio, que no último debate teve uma péssima prestação e viu isso custar-lhe votos no New Hamsphire, juntou-se à conversa para defender também o legado do ex-presidente, muito popular na Carolina do Sul. "Ele manteve-nos em segurança e estou-lhe para sempre grato", indicou.

Jeb criticou também os ataques do milionário aos pais, o ex-presidente George H.W. Bush e Bárbara. "A minha mãe é a mulher mais forte que conheço", disse. "Ela devia estar a concorrer", respondeu Trump.

Noutro momento, o magnata acusou o senador do Texas, Ted Cruz, de ser "o maior mentiroso" de todos, referindo-se ao facto de os seus apoiantes terem dito aos eleitores do Iowa, na noite anterior ao caucus de 1 de fevereiro, que o cirurgião Ben Carson tinha desistido da corrida. E acusou-o de tentar fazer o mesmo na Carolina do Sul, dizendo que Trump não se ia candidatar no estado.

Mas o magnata não foi o único a chamar mentiroso a um adversário. Cruz acusou Rubio de, numa entrevista à Univision em espanhol, ter dito que não iria alterar a política migratória do presidente Barack Obama no seu primeiro dia na Casa Branca. "Eu prometi rescindir todas as ações executivas ilegais", defendeu. "Não sei como é que ele sabe o que eu disse na Univision, porque ele não fala espanhol", respondeu Rubio, que acusou o senador do Texas de mentir e de inventar coisas. Cruz falou então em espanhol para provar que é bilingue. Os dois candidatos têm raízes cubanas.

Sondagem

Uma sondagem CBS/YouGov, onde divulgada, coloca Trump com uma vantagem de 22 pontos percentuais na Carolina do Sul. O magnata, que foi segundo no Iowa mas venceu New Hampshire, surge com 42%, face aos 20% de Cruz e 15% de Rubio. John Kasich, governador de Ohio, que ficou em segundo nas últimas primárias, tem 9%, à frente de Bush e de Carson, ambos com 6%. Do lado democrata, Hillary Clinton tem 59%, contra 40% de Bernie Sanders.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG