Trump acredita na possibilidade de Kim Jong-un "fazer o que está certo"

Presidente dos EUA escreveu no Twitter estar ansioso por encontro com líder norte-coreano

Depois da visita surpresa à China de Kim Jong-un e de ter sido informado que Kim Jong-un está disponível para discutir a desnuclearização, Donald Trump mostrou-se entusiasmado com a possibilidade de sucesso do encontro marcado entre os dois e que deve acontecer em maio.

O presidente norte-americano escreveu esta manhã que "agora há uma boa possibilidade de Kim Jong-un fazer o que está certo para o seu país e a humanidade. Anseio pelo nosso encontro!"

O governo chinês informou na terça-feira a Casa Branca dos resultados da visita do líder norte-coreano a Pequim. No comunicado citado pela Reuters, a administração Trump refere: "Os EUA mantêm-se em contacto próximo com os nossos aliados Coreia do Sul e Japão. Vemos este desenvolvimento como uma evidência de que a nossa campanha de máxima pressão está a criar a atmosfera adequada para o diálogo com a Coreia do Norte."

Kim Jong-un esteve ontem, de surpresa, em Pequim com o homólogo chinês, naquela que foi a sua primeira visita ao estrangeiro desde que chegou ao poder em 2011. A agência de notícias oficial chinesa, Xinhua, escreve que o líder norte-coreano está também desejoso de falar com Donald Trump sobre o abandono do programa nuclear. Kim Jong-un terá mostrado abertura para as conversações com os EUA.

Depois desta visita, a China entra no jogo de aliados e conversações, neste caso, no lado da Coreia do Norte. Embora Xi Jinping continue a assegurar que o desarmamento nuclear é o caminho

Mais Notícias

Outras Notícias GMG