Três israelitas e atacante palestiniano mortos em ataque na Cisjordânia

Os polícias fronteiriços responderam imediatamente, dispararam contra ele e neutralizaram-no", indicou o porta-voz policial, Luba Samri

Três israelitas morreram e outro ficou gravemente ferido num ataque esta madrugada perto de um colonato israelita na Cisjordânia, levado a cabo por um palestiniano que foi abatido pelas forças de segurança, informaram fontes policias e médicas.

"Unidades da polícia responderam a um ataque terrorista perto de Har Hadar, nos arredores de Jerusalém. Três israelitas foram assassinados e um transportado para o hospital em estado grave. O terrorista foi abatido", afirmou em comunicado o porta-voz da polícia Miki Rosenfeld.

Outro porta-voz policial, Luba Samri, informou que o atacante é residente em Beit Surik, tem 37 anos, e "chegou ao acesso ao colonato de Har Hadar quando os trabalhadores palestinianos passavam os controlos".

Levantou suspeitas e ordenaram que parasse. Nesse momento, abriu a camisa, sacou uma pistola e, a curta distância, disparou contra os guardas. Os polícias fronteiriços responderam imediatamente, dispararam contra ele e neutralizaram-no

Um porta-voz do serviço de emergências indicou que o incidente aconteceu às 07:15 (05:15 em Lisboa) e que as equipas de salvamento assistiram quatro feridos "em estado grave, com ferimentos de bala".

O terrorista foi neutralizado pelas forças de segurança

As unidades do serviço de emergências informaram da morte de três homens com idades entre os 20 e os 30 anos, e disseram que um quarto ferido foi levado para Hadasah Ein Kerem, em estado grave.

Desde outubro de 2015, quando começou uma onda de violência 270 palestinianos morreram, mais de dois terços ao realizar ataques, bem como 46 israelitas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG