"Tinham as costelas à mostra e estavam muito assustadas". Polícia resgata 11 crianças no Novo México

Menores foram entregues aos serviços sociais. Os adultos que se encontravam no acampamento armados foram detidos

As autoridades do estado americano do Novo México descobriram um acampamento com 11 crianças desnutridas a viver em condições miseráveis. O terreno ficava no deserto perto da fronteira com o estado do Colorado.

As crianças tinham entre um e 15 anos e "pareciam refugiados do Terceiro Mundo", segundo o polícia do Condado de Taos Jerry Hogrefe. Junto delas foram encontrados cinco adultos, incluindo dois homens armados, que foram detidos e acusados de abusos contra menores. Um deles era suspeito de violência contra o seu filho de três anos.

"Eu sou polícia há 30 anos. Nunca vi nada assim. Inacreditável", disse Jerry Hogrefe à ABC News. "Eles estavam magros, com as costelas à mostra, estavam sem condições de higiene e muito assustados", acrescentou.

A polícia deslocou-se ao local depois de ter recebido uma mensagem anónima que dizia: "Nós estamos a morrer à fome, precisamos de comida e de água".

Jerry Hogrefe diz que, no local, havia uma pequena caravana coberta em plástico. Não havia água nem luz. Batatas e uma caixa de arroz foram a única comida encontrada. As crianças estão neste momento a cargo dos serviços sociais.

A polícia já tinha o acampamento debaixo de olho. Tinha recebido queixas de que haveria ali extremistas muçulmanos armados. Estava à espera de um mandato para poder revistar o terreno.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG