Sondagem aponta para vitória do partido no poder

PAICV chega aos 30,1% das intenções de voto. Principal força da oposição tem 27,5% e terceiro partido no país alcança 8%

Os eleitores cabo-verdianos parecem inclinados a conceder nova vitória eleitoral ao PAICV, no governo desde 2001, de acordo com os dados de uma sondagem realizada nos dias 26 e 29 de fevereiro neste arquipélago africano.

Num total de 1064 entrevistas telefónicas validadas, 30,1% dos inquiridos afirmaram que votariam no PAICV enquanto 27,5% indicaram preferir o principal partido da oposição, o MpD. A terceira força política no arquipélago, a UCID (União Cabo-Verdiana Independente e Democrática), consolida a posição, chegando a 8% das intenções de voto. Os restantes dois partidos que se apresentam a votos nas eleições de hoje surgem com resultados meramente residuais. Entre os inquiridos, 17% não sabem em quem votariam e 9,5% não votariam de todo ou votariam em branco.

A intenção de voto no PAICV apresenta valores quase idênticos nos eleitorados masculino e feminino, 30,8% no primeiro caso e 29,6% no segundo. Já no caso do MpD verifica-se uma maior disparidade, recolhendo 29,6% das intenções de voto entre os homens e 26% nas mulheres. Para a UCID, o intervalo é reduzido, com 8,2% nos homens e 7,8% entre as mulheres. Em termos de faixa etária, é entre os 35 e os 64 anos que o PAICV tem mais eleitores, acima dos 30%, enquanto o MpD tem a maior fatia de eleitorado entre os 18 e os 24 anos (42,1%) e os 25 e os 34 (32,6%).

Da responsabilidade do instituto de sondagens cabo-verdiano MGF Research, o estudo de opinião inquiriu ainda se a escolha eleitoral era definitiva ou se poderia mudar até à data das eleições - 56% dos interrogados classificaram a escolha como definitiva enquanto 33,1% admitiram a possibilidade de mudar a orientação do seu voto. Outros 10,9% afirmaram não saber ou não quiseram responder.

Foi ainda perguntado qual o partido político de que cada inquirido se sentiria mais próximo, tendo 32,5% declarado identificar-se com o PAICV, seguidos de perto por 31,3% que não se reveem em nenhuma formação política. Por sua vez, o MpD é o partido com o qual 22,7% dos inquiridos se identificam e a UCID 3,9%. A esta pergunta recusaram-se a responder 4,1% dos inquiridos e 5,5% dizem não saber.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG