Filha do ex-espião teve alta hospitalar e encontra-se num local seguro

Os Skripal foram alvo de um ataque com gás nervoso de fabrico militar, identificado como Novichok

A filha do ex-espião russo Serguei Skripal envenenada no passado dia 4 de março em Salisbury teve alta hospitalar e foi transportada para um lugar seguro, avança esta terça-feira a estação de televisão BBC.

Yulia Skripal, filha do antigo espião russo - que também foi alvo do suposto ataque com gás nervoso - tinha comunicado na semana passada, através das autoridades policiais britânicas, que estava a recuperar.

Os Skripal foram alvo de um ataque com gás nervoso de fabrico militar identificado como Novichok produzido na Rússia, o que levou o governo britânico a levar a cabo represálias contra Moscovo, expulsando de Londres 23 diplomatas russos.

Mais Notícias