Sede de Frente Nacional de Le Pen sofre tentativa de fogo posto

"Assumo que isto foi feito por um grupo esquerdista", afirmou a líder do partido

A sede do partido Frente Nacional em Paris sofreu uma tentativa de fogo posto. A candidata do partido à presidência, Marine Le Pen, atribuiu a culpa do ataque a grupos de esquerda.

O incêndio provocou poucos danos ao edifício e as autoridades afirmam que se tratou de um ato criminoso e não de um acidente. Segundo a polícia francesa, citada pela Reuters, o piso do rés do chão do edifício era o alvo e foram pintados grafítis que mencionavam a Frente Nacional perto do local.

As instalações da Frente Nacional são nos andares superiores deste prédio.

"Estes atos são inaceitáveis, o debate democrático deve ocorrer nas urnas", afirmou o ministro do Interior francês, Matthias Fekl, condenando o ataque.

"Estamos em contacto com a equipa da candidata da Frente Nacional desde a noite passada e vamos ver com eles se é necessário reforçar os procedimentos de segurança", continuou Fekl.

"Assumo que isto foi feito por um grupo esquerdista", afirmou Marine Le Pen. "Estes grupos agem com total impunidade", continuou a candidata à presidência, sem dar mais detalhes sobre o caso.

A agência de notícias francesa AFP disse ter sido contactada por um grupo chamado "Combat Xenophobia" que assumiu a responsabilidade pela tentativa de fogo posto.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG