Corpo de Salvador Dalí vai ser exumado para esclarecer dúvidas sobre paternidade

Justiça decidiu que será necessário recolher ADN do corpo para comprovar se Pilar Abel Martínez é realmente filha do pintor

Uma juíza de Madrid ordenou que os restos mortais do pintor Salvador Dalí, que morreu em 1989, sejam exumados para determinar um caso de paternidade.

O pintor espanhol está enterrado no Museu Dalí em Figueres, a sua cidade natal. O exame de ADN deverá comprovar se Dalí é o pai de Pilar Abel Martínez, já que não há outros vestígios biológicos nem provas suficientes para chegar a uma conclusão.

Segundo o tribunal, "é necessária a prova biológica na investigação da paternidade de Maria Pilar Martínez a respeito de D. Salvador Dalí Domenech".

O médico legista deverá extrair uma amostra dos restos mortais de Dalí, que será depois analisada pelo Instituto de Toxicologia.

Pilar Abel Martínez nasceu em Figueres em 1956 e desde 2007 que luta para ser reconhecida como filha de Dalí. A mãe contou-lhe que teve um relacionamento secreto com o pintor na cidade de Port-Lligat, onde Dalí viveu durante alguns anos.

Em 1955, a mãe de Pilar saiu da cidade, onde trabalhava como empregada doméstica de uma família, casou-se e meses depois teve a filha.

Caso se comprove que Pilar é filha de Dalí, a mulher poderá adotar o apelido do pintor e receber direitos de autor das obras do pai.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG