Salah Abdeslam é um recluso modelo

Detido desde 18 de março, o único atacante que sobreviveu aos atentados de Paris é um exemplo para outros reclusos em termos de comportamento.

"Bom rapaz", "um exemplo para outros reclusos", com "um apetite excelente". É assim que Salah Abdeslam, detido numa prisão de Bruges por envolvimento nos atentados de Paris, é descrito enquanto recluso num jornal belga.

O Het Nieuwsblad (editado em flamengo) publica a primeira imagem do alegado terrorista desde que este foi detido a 18 de março no bairro de Molenbeek, em Bruxelas.

Várias fontes ouvidas pela publicação garantem que este é um "recluso modelo". "É um bom rapaz. Um exemplo para muitos dos outros detidos em termos de comportamento. Não temos nenhum comentário negativo a assinalar quanto às suas ações. E o seu apetite é excelente", disse uma fonte citada pelo jornal belga Le Soir.

Salah Abdeslam está na secção de alta segurança da prisão, sendo a sua cela, sem luz, controlada oito vezes por hora.

Durante meses, após os atentados de Paris, a 13 de novembro do ano passado, Salah Abdeslam foi o homem mais procurado da Europa. O cidadão francês de origem marroquina nascido em Bruxelas, de 26 anos, foi detido a 18 de março, tendo confessado que tratou da logística para os atentados de Paris e que se deveria ter feito explodir junto ao estádio da capital francesa mas que mudou de ideias.

Abdeslam será extraditado para França. O seu advogado já garantiu que este quer colaborar com as autoridades.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG