Saad aprendeu Inglês há dois anos e foi um dos  melhores no exame nacional

Refugiado de 18 anos aprendeu inglês a ver debates no parlamento e é agora o melhor aluno da escola e um dos melhores do país

Um refugiado sírio na Austrália teve a melhor nota da sua escola num exame nacional, apesar de só ter aprendido a falar inglês há dois anos. Saad Al-Kassab, de 18 anos, conseguiu obter 96.65 no ranking ATAR, o que significa que a sua performance no exame do 12º ano foi melhor do que 96% dos colegas.

O jovem Saad Al-Kassab fugiu da guerra civil na Síria em 2013, com o irmão Omar, e viajou para Melbourne, no estado de Vitória, onde se matriculou na escola católica de Sydenham. Nos últimos dois anos, os dois irmãos aprenderam a falar inglês a assistir debates no parlamento australiano e a ler o dicionário de árabe-inglês, segundo o Daily Mail.

Durante o último ano do ensino secundário, Saad recebeu a notícia de que vários dos seus amigos e colegas de escola tinham morrido na guerra, mas ainda assim conseguiu focar-se nos estudos e obter a pontuação máxima na sua escola, tornando-se o Dux do colégio.

No mês passado, Saad e o irmão Omar deram uma palestra numa conferência da TED Talks e contaram a sua experiência na Síria, como refugiados e a integração na Austrália. No palco, Saad contou que deixou de ir à escola enquanto estava na Síria pois era demasiado perigoso.

A média dos resultados no estado de Vitória foi de 65.20 e 35 alunos conseguiram obter 99.95, a nota máxima. O ATAR é apenas o primeiro passo da candidatura e seguem-se entrevistas, testes e outras avaliações propostas por cada universidade.

Saad parece, no entanto, estar pronto para as próximas avaliações. Segundo a AP, o jovem ganhou uma bolsa de estudo e vai seguir Medicina.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG