Quem são os deputados do Vox? Dos militares ao concorrente de 'reality show'

O partido de Santiago Abascal converteu-se na terceira força política em Espanha elegendo 52 representantes, mais 28 do que nas eleições de 28 de abril.

Menos de sete meses depois das eleições de abril, o Vox conseguiu duplicar o número de deputados no Congresso espanhol e é agora a terceira força política em Espanha. Entre os seus representantes encontram-se vários militares, o pai da última vítima da ETA, um advogado da família Franco, um ex-concorrente do reality show "Sobreviventes" ou o ex-presidente de uma associação de caça.

Se em abril o partido de Santiago Abascal tinha conseguido eleger dois militares na reforma, agora elege mais três. Entre eles Alberto Teófilo Asarta, que foi chefe dos 12 mil capacetes azuis da ONU no Líbano entre 2010 e 2012 e ganhou uma medalha de mérito pela Batalha de Nayaf, no Iraque, em 2004, o maior combate em que participaram militares espanhóis em tempos de paz, segundo o El Mundo.

Asarta, tal como Agustín Rosety Fernández, general de brigada da Infantaria da Marinha que foi reeleito, estão entre os militares que assinaram no verão um manifesto de exaltação ao ditador Franco. Alegaram que este atuou diante de uma Espanha "agredida e assediada pelo comunismo internacional", justificando assim o golpe de Estado de 1936.

O ex-presidente da Associação de Vítimas do Terrorismo e fundador da plataforma Vozes contra o Terrorismo, José Alcaraz Martos, é outro dos novos deputados. O irmão e as sobrinhas gémeas morreram num atentado da ETA. Já o pai da nova deputada por Ceuta, a jornalista Teresa López, que era guarda prisional, sobreviveu a um atentado com uma encomenda armadilhada enviada para a sua casa. Antonio Salvá, pai do guarda civil Carlos Salvá que foi uma das últimas vítimas da organização terrorista basca, também foi eleito.

Dos 52 novos deputados, só 14 são mulheres, muitas das quais repetentes. É o caso Patricia Rueda Perelló, ex-diretora do Museu Automobilístico e da Moda de Málaga ou da ex-deputada do PP Lourdes Méndez Monasterio, que se afastou do partido agora liderado por Pablo Casado quando este não derrogou a lei de aborto aprovada pelo governo socialista de José Luis Zapatero. Entre as novas entradas está Georgina Trías, especialista em inteligência emocional.

Outra estreia no Congresso dos Deputados é a de Rafael Fernández-Lomana, irmão da socialite Camen Lomana e antigo concorrente (e finalista) do reality show "Sobreviventes". Era número um da lista do Vox por Albacete, depois de o historiador Fernando Paz ter renunciado à candidatura antes de abril por declarações sobre o holocausto e contra a comunidade LGBTI.

O ex-presidente da Federação Espanhola de Caça, Ángel López Maraver, é outro dos novos deputados. "Se os caçadores não entram na política, os animalistas vencem a batalha", disse antes das eleições europeias.

No Congresso haverá ainda um antigo advogado da família Franco, Juan José Aizcorbe Torra, eleito por Barcelona. Venceu em primeira instância uma disputa legal sobre a propriedade das esculturas do Pórtico da Glória da Catedral de Santiago de Compostela que estão no Paço de Meirás, a casa de verão do ditador na localidade de Sada, na Coruña.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG