Professores universitários chineses ganham em média 730 euros

Estudo revela ainda diferenças "óbvias" de salários entre os docentes homens e mulheres

Um professor universitário na China ganha, em média, 5.478 yuan (730 euros), por mês, revelou um estudo difundido hoje pela imprensa estatal, depois de um professor chinês ter sido alegadamente burlado em milhões de yuan.

O estudo, feito a partir de entrevistas com mais de quatro mil professores universitários de diferentes partes da China, revela ainda diferenças "óbvias" de salários entre os docentes homens e mulheres.

Em média, um homem ganha 5.717 yuan (762 euros), mais 700 yuan (93 euros) do que as mulheres.

A pesquisa foi motivada pelo debate nas redes sociais chinesas, em torno dos rendimentos dos professores universitários no país, após um docente numa das mais prestigiadas universidades da China, a Tsinghua University, ter sido burlado em 2,2 milhões de euros.

O caso, revelado pela polícia de Pequim na semana passada, envolveu um esquema de fraude por telefone, em que os autores se fizeram passar por funcionários de órgãos de segurança pública.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG