A futura rainha Elisabeth é a primeira mulher da família real belga a frequentar a Academia Militar

Com 18 anos, a herdeira do trono é a primeira mulher da família real belga a frequentar a Academia Real, tal como o seu pai, Philippe.

No passado dia 31 de agosto, as escolas reabriram na Bélgica e, entre tantos jovens, a princesa Elisabeth também retomou o seu percurso académico. Elisabeth realizou o ensino secundário na UWC Atlantic College, no País de Gales, e em março voltou para junto da família devido à pandemia da covid-19. Agora com 18 anos (fará 19 em outubro), a herdeira do trono vai estudar na Academia Militar Real, uma universidade militar em Bruxelas.

A princesa segue assim os passos do pai, rei Philippe, que frequentou a mesma instituição entre os anos de 1978 e 1981. Será a primeira vez que uma mulher da realeza belga frequenta a academia militar para se preparar para o seu reinado. A filha mais velha dos reis Philippe e Mathilde irá adquirir conhecimentos não só sobre o a instituição militar (marinha, exército e força aérea), como também em ciências sociais, comunicação, relações internacionais, geopolítica, gestão e liderança. Tudo isto, além de um intenso treino físico.

Neste momento, Elisabeth está no acampamento militar de Elsenborn, na parte oriental da Bélgica, para o treino militar que seguem todos os alunos e que tem a duração de quatro semanas. No primeiro dia, os alunos receberam o seu kit composto por uniforme militar, máscaras, saco de dormir, graxa preta, canivete, lanterna e alguns outros itens essenciais.

O coronel Thierry Pirenne deu as boas-vindas aos cadetes, explicando o que enfrentarão nos próximos meses: "Tornar-se um oficial não é uma escolha óbvia, é um verdadeiro desafio", disse, listando depois os cinco valores principais da escola: "Coragem, compromisso, respeito, disciplina e honra".

Quando subir ao trono da Bélgica, Elisabeth será a primeira rainha dos belgas, após uma mudança na lei há uma década que permitiu às mulheres herdar a coroa em vez de os irmãos mais novos. Ela tem três irmãos mais novos, os príncipes Gabriel, 16, Emmanuel, 14 e Eleonore, 12.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG