Presidente nigeriano garante: "Não sou um clone"

Muhammadu Buhari obrigado a vir a público desmentir "rumores ignorantes" de que morreu e foi substituído por um clone, na sequência de um internamento no estrangeiro em 2017

O presidente da Nigéria Muhammadu Buhari, de 75 anos, viu-se forçado a esclarecer os seus conterrâneos de que não morreu e foi substituído por um clone, uma tese que tem ganho força no seu país desde que passou por um longo internamento no Reino Unido, em 2017.

"Os rumores ignorantes não são surpreendentes", disse numa publicação deixada no Twitter, durante a visita que está a fazer a Cracóvia, na Polónia. "Quando estive de licença médica, no ano passado, muita gente desejou que tivesse morrido", assumiu.

Além da tese da clonagem, circula na Nigéria a teoria alternativa de que Buhari foi substituído por um duplo chamado Jubril, natural do Sudão.

Buhari - que se garante "bem de saúde" e celebra 76 anos no próximo dia 16 de dezembro - liderou pela primeira vez a Nigéria entre 1983 e 1985, na sequência de um golpe militar, acabando ele próprio por ser deposto. Em 2015, depois de várias derrotas eleitorais, conseguiu ser eleito presidente do país.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG