Polónia quer compensação de 690 milhões euros da Alemanha pela II Guerra

"Estamos a falar de quantias muito elevadas, mas justificadas, de compensação por crimes de guerra, cidades e vilas destruídas e a perda de potencial demográfico do país", disse Arkadiusz Mularczyk, deputado do partido conservador nacionalista Lei e Justiça

A Polónia conta pedir à Alemanha uma compensação que pode chegar aos 690 mil milhões de euros por danos infligidos durante a II Guerra Mundial, afirmou hoje o presidente da comissão parlamentar polaca criada para esse fim."Estamos a falar de quantias muito elevadas, mas justificadas, de compensação por crimes de guerra, cidades e vilas destruídas e a perda de potencial demográfico do país", disse Arkadiusz Mularczyk, deputado do partido conservador nacionalista Lei e Justiça (PiS), no poder, à televisão Polsat News.

O PiS decidiu em 2017 pedir uma compensação à Alemanha e criou uma comissão parlamentar para avaliar o montante.

A Alemanha rejeita a possibilidade, argumentando que a questão foi encerrada em 1953, quando a Polónia tomou a decisão de renunciar à exigência de novas indemnizações de guerra.

Varsóvia contesta o argumento, alegando que lhe foi imposto pela União Soviética.

A Alemanha invadiu a Polónia em 1939, desencadeando a II Guerra Mundial.

Seis milhões de polacos, incluindo três milhões de judeus, foram mortos durante a guerra e a capital, Varsóvia, foi arrasada em 1944, depois de uma revolta fracassada em que morreram 200.000 civis.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG