Político independentista 'mata' rivais em anúncio de campanha

Vídeo eleitoral que Bob Kattter diz ser "brilhante e muito engraçado", surge dias após o massacre de Orlando, na Flórida.

Bob Katter, que se opõe à venda de terras e ativos da Austrália a interesses estrangeiros, surge num anúncio de campanha eleitoral a matar os adversários políticos.

O líder do Partido Australiano, segundo noticia a BBC, qualifica como "brilhante e muito engraçado" um vídeo em que surge - num ambiente do faroeste norte-americano - a soprar o fumo do revolver usado contra os rivais do Partido Trabalhista e da coligação Nacional-Liberal que tinham colocado um cartaz a dizer "Austrália à venda".

"Penso que a maioria das pessoas apreciará o humor. Penso que foi muito divertido, tenho de admitir", disse Bob Katter. "O que não tem graça é a venda deste país. Odiamos isso e opomo-nos tenazmente a isso", acrescentou o político de 71 anos.

[vídeo:W95RHO6]

O político independentista rejeitou as críticas à divulgação do anúncio pouco depois do massacre numa discoteca de Orlando, Flórida, argumentando desconhecer o caso e haver anúncios semelhantes que não provocaram controvérsia.

Os adversários é que não acharam piada: o primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull, pediu a Bob Katter a suspensão do anúncio que qualificou como de "muito mau gosto", enquanto o ministro das Finanças considerou-o "infeliz" e o senador Barry O'Sullivan "detestável".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG