Polícia detém mais um suspeito do atentado de Bruxelas

É belga, tem 32 anos e foi detido numa operação realizada em Schaerbeek

Um belga, de 32 anos, foi detido numa operação policial realizada quinta-feira, numa comuna de Bruxelas, no âmbito dos atentados de 22 de março na capital belga, informou hoje, em comunicado, a procuradoria federal.

A mesma fonte precisou que a operação realizada em Schaerbeek resultou na detenção de Ali E.H.A, que, entretanto, foi acusado de "participação em atividade de grupo terrorista, homicídios em contexto terrorista e tentativas de homicídios em contexto terrorista, como autor, coautor ou cúmplice".

A procuradoria indicou que não avançará mais pormenores acerca da detenção para não perturbar o processo.

Porém, a imprensa local avançou que o detido terá estado nomeadamente envolvido nas casas seguras utilizadas por terroristas.

Reivindicados pelos extremistas do autodenominado Estado Islâmico, os atentados no aeroporto de Bruxelas e numa estação de metropolitano provocaram 32 mortos e mais de 300 feridos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG