Palestiniano morto quando tentava esfaquear polícias israelitas

Um palestiniano foi morto depois de ter tentado esfaquear agentes na Cisjordânia, perto de Jerusalém, quando o presidente norte-americano, Donald Trump, visitava a cidade, informou hoje a polícia israelita.

A porta-voz Luba Samri disse que o palestiniano foi abatido a tiro depois de ter corrido com uma faca na direção de polícias israelitas perto de Abu Dis, localidade palestiniana nos arredores de Jerusalém.

O incidente ocorreu quando Trump visitava a Cidade Velha de Jerusalém, a alguns quilómetros.

Desde outubro de 2015, os palestinianos mataram em ataques daquele tipo 42 israelitas, dois norte-americanos e um britânico. No mesmo período, 246 palestinianos, na maioria atacantes, foram mortos a tiro por israelitas, segundo o Estado hebreu.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG