Palestiniano morto após tentar esfaquear soldado israelita na Cisjordânia

Desde outubro que a violência entre as duas partes já causou 1119 mortos

Um palestiniano foi morto pelo exército israelita depois de ter tentado apunhalar um soldado em Gush Etzion, entre as cidades da Cisjordânia de Belém e Hebron, segundo afirmou hoje a polícia de Israel.

Segundo o porta-voz da polícia israelita, Lubna Samri, o homem, que se aproximou do soldado com uma faca, foi "baleado e neutralizado".

Desde outubro que a violência entre as duas partes já causou 102 mortos do lado palestiniano, incluindo um árabe israelita, bem como 17 entre os israelitas. Morreu também um norte-americano e um eritreu.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG