Palestiniano morto a tiro na Cisjordânia após ter atacado soldados com uma faca

Ataque acontece na sequência de duas semanas de tensão em volta da Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém

Um palestiniano foi esta sexta-feira morto a tiro perto de Goush Etzion, Cisjordânia, por um grupo de soldados israelitas que tinha tentado atacar à facada, informou hoje o exército israelita num comunicado.

Goush Etzion é um grupo de colonatos perto da Cisjordânia ocupada.

Segundo o exército de Israel, o palestiniano, cuja identidade não foi divulgada, correu na direção dos soldados enquanto brandia uma faca. Os soldados abriram fogo e mataram-no.

Nenhum dos soldados ficou ferido no ataque, que acontece na sequência de duas semanas de tensão em torno da Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém.

As autoridades israelitas instalaram medidas adicionais de segurança no recinto sagrado (após um ataque terrorista contra agentes da polícia no local), mas os líderes muçulmanos contestaram a instalação de detetores de metais e controlos adicionais, promovendo preces de protesto nas ruas adjacentes.

As medidas de segurança foram levantadas esta semana e na quinta-feira registaram-se novos confrontos entre muçulmanos e agentes da polícia israelitas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG