Pai do atirador de Las Vegas esteve na lista dos mais procurados do FBI

Patrick Paddock fugiu de uma prisão no Texas e foi considerado psicopata

O pai de Stephen Paddock, o atirador autor do massacre de Las Vegas que matou 58 pessoas e feriu 515 na madrugada desta segunda-feira, já esteve na lista do FBI dos dez criminosos mais procurados dos Estados Unidos.

Patrick Benjamin Paddock, que chegou a ser considerado psicopata, esteve envolvido numa série de assaltos a bancos na cidade de Phoenix nos anos 60 do século passado, tendo sido capturado e dado entrada numa prisão do Texas em 1968. Contudo, após cumprir oito dos 20 anos a que fora condenado, Patrick fugiu da prisão, altura em que integrou a lista dos mais procurados do país.

Acabou por ser recapturado em 1978 em Oregon, onde geria um bingo usando um nome falso (Bruce Werner Ericksen). Morreu em 1998.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG