Pai de Meghan Markle pede ajuda à rainha para fazer as pazes com a filha

Thomas Markle queixou-se, em entrevista à ITV, que a duquesa de Sussex o tem ignorado e não responde sequer às mensagens

O antigo técnico de iluminação de Hollywwod, atualmente com 74 anos, garantiu no programa Good Morning Britain, da ITV, que não fala com a filha desde que esta casou com o príncipe Harry, em maio passado.

Thomas Markle diz que a Meghan o tem ignorado desde essa altura e pediu mesmo a intervenção da rainha Isabel II para promover as pazes entre ambos nesta época de Natal. ""Eu gostava que a rainha fizesse o que conseguisse, penso que ela gostaria de resolver os problemas da família. Todas as famílias, reais ou não, são iguais e devem estar juntas durante esta época festiva", disse o pai da duquesa de Sussex.

Recorde-se que Thomas Markle falhou o casamento real entre a filha e o príncipe Harry de Inglaterra por ter sido submetido a uma cirurgia ao coração, depois de se ter envolvido numa polémica nos dias que antecederam a boda. O antigo técnico de iluminação encenou fotos dos preparativos para o casamento, com paparazzis, vendendo-as a diversas publicações, o que terá provocado o descontentamento da filha e da família real britânica.

"Independentemente dos problemas que possamos ter tido, devemos ser capazes de as superar. Já pedi desculpa por esse incidente umas 100 vezes. Penso que não é razão para estar a ser ignorado", comentou o pai da duquesa de Sussex, desde São Diego, nos EUA.

"Sou o pai dela e serei o avô dessa criança"

Thomas Markle pediu para o deixarem ser parte da vida do futuro neto, depois de em outubro passado ter sido anunciada a gravidez de Meghan. "Tem de haver um lugar para mim. Sou o pai dela e serei o avô dessa criança. Estou aqui e ela sabe disso", afirmou o sogro do príncipe Harry, convicto de que a sua filha será "uma excelente mãe". "Talvez as coisas se suavizem um pouco após ela ser mãe. Estou a torcer para que corra tudo bem e que eles tenham um bonito bebé. Espero conseguir ver a pequena Meghan ou o pequeno Harry", acrescentou.

Relativamente às notícias que dão conta de um lado "rude" e controlador da filha, o que poderia ter estado por trás de demissões recentes de duas das suas assistentes pessoais, Thomas defendeu Meghan: "Ela é muito bem educada e sempre o foi com toda a gente. Ela nunca foi rude. Ela foi educada nos bastidores de Hollywood e aprendeu a respeitar toda a gente. Não a consigo imaginar a ser assim. Ela sempre foi uma pessoa muito controladora e isso faz parte da natureza dela, mas nunca foi rude", completou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG