Opositor russo multado em 320 euros e condenado a 15 dias de prisão

Alexeï Navalny foi detido no domingo, durante protestos em Moscovo

O líder da oposição russa, Alexeï Navalny, compareceu hoje em tribunal após ser detido, juntamente com centenas de outras pessoas, em protestos anticorrupção no domingo em Moscovo. Foi multado em 20 mil rublos, cerca de 325 euros - o montante mínimo - pelo papel na organização da manifestação, que as autoridades consideraram ilegal, e condenado a 15 dias de prisão por resistir à polícia quando foi detido.

Milhares de pessoas manifestaram-se no domingo em Moscovo e noutras cidades russas contra a corrupção por membros do governo, protestos que terminaram com a detenção de várias centenas de manifestantes, entre os quais Navalny.

O tribunal deve ainda pronunciar-se sobre a acusação a Navalny de desacatos com a polícia.

A União Europeia e os Estados Unidos manifestaram preocupação pelas detenções. Bruxelas considerou que a ação da polícia "impediu o exercício das liberdades de expressão mais básicas" e pediu a "libertação imediata" dos manifestantes detidos.

Os Estados Unidos e a União Europeia manifestaram hoje preocupações com as detenções, tendo o Departamento de Estado descrito a situação como uma "afronta à democracia".

Navalny, que quer apresentar-se como candidato às eleições presidenciais russas em 2018, foi o organizador de uma jornada nacional de protesto contra a corrupção em toda a Rússia, que resultou em mais de 500 detenções, segundo fontes policiais, e cerca de 1.400, de acordo com organizações de direitos humanos.

Navalny chegou ao tribunal em Moscovo numa carrinha policial e publicou no Twitter uma fotografia tirada na sala de audiências.

"Chegará o momento em que os levaremos a julgamento (mas com justiça desta vez)," escreveu, na rede social, antes de começar a ser ouvido.

Entre 7.000 e 8.000 pessoas manifestaram-se no domingo no centro da capital russa, segundo a polícia.

Tratou-se do maior protesto não autorizado nos últimos anos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG