Oposição denuncia "guerra suja" dos meios governamentais

Dirigente da oposição diz que regime de Maduro procurar influenciar resultado de legislativas.

O secretário executivo da aliança opositora venezuelana Mesa da Unidade Democrática (MUD), Jesús Torrealba, denunciou hoje uma "guerra suja" protagonizada pelos meios oficiais nas redes sociais e em comunicados, no decurso da votação para as legislativas.

"Sobre o tema dos rumores quero dizer que há uma guerra suja por parte dos laboratórios oficiais, quer nas redes sociais como em ações de rua", declarou Torrealba durante uma conferência de imprensa da MUD e transmitida em direto pela plataforma internacional de vídeos YouTube.

O líder da oposição assegurou que representantes oficiais estão a distribuir panfletos "supostamente assinados pelo partido Vontade Popular apelando à não participação eleitoral e isso é mentira".

Referiu-se ainda a uma declaração que circula nas redes sociais relacionada com uma alegada declaração da liderança da frente opositora.

"Dizem que se vencermos [as eleições] vai ser encerrado o Quartel da Montanha e isso originou uma onda de histeria por parte dos meios pró-governamentais", explicou, numa referência ao local onde está sepultado o ex-Presidente Hugo Chávez, que dirigiu o país entre 1999 e 2013.

Estes acontecimentos foram definidos por Torrealba como "aquilo que alguns militares designam por operações psicológicas ou guerra suja pró-governamental".

O responsável advertiu sobre a necessidade em combater estas ações.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG