Onze candidatos concorrem às presidenciais francesas

Primeira volta disputa-se a 23 de abril

Onze candidatos foram aprovados para as presidenciais francesas de abril e maio, anunciou hoje o Conselho Constitucional de França.

Os 11 reuniram o critério exigido para participar na primeira volta, em 23 de abril: um mínimo de 500 assinaturas de eleitos - deputados, autarcas, deputados municipais, entre outros - precisou o presidente do Conselho, Laurent Fabius.

Os dois candidatos mais votados na primeira volta disputarão uma segunda volta em 07 de maio.

François Fillon (direita) foi o que reuniu mais assinaturas (2.953), seguido do socialista Benoît Hamon (1.717), do centrista independente Emmanuel Macron (1.548), do nacionalista Nicolas Dupont-Aignan (672), do candidato da esquerda Jean-Luc Mélenchon (666), da candidata de extrema-esquerda Nathalie Arthaud (623) e da líder da extrema-direita, Marine Le Pen (618).

Na segunda-feira à noite, os cinco principais candidatos - Le Pen, Macron, Fillon, Hamon e Mélenchon - participam no primeiro de três debates televisivos.

Nenhum dos outros seis candidatos - Dupont-Aignan, Arthaud, Jean Lasalle (centrista), Jacques Cheminade (gaulista), François Asselineau (direita antieuropeia) e Philippe Poutou (extrema-esquerda) - deverá obter mais de 5,0% dos votos.

As 11 candidaturas situam-se na média dos últimos anos. Em 2012, dez candidaturas foram aprovadas e, em 2007, 12.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG