Nadador britânico acusado de violar jovem que tinha estado envolvida com amigo

Otto Putland, alega a jovem, violou-a depois de esta ter tido relações sexuais com um outro atleta. Galês nega as acusações

Uma mulher acusa o nadador galês Otto Putland, que representou o país nos Jogos da Commonwealth em 2014, de violação. A jovem, que na altura tinha 19 anos, disse agora em tribunal que o atleta a violou depois de ela ter tido relações sexuais consensuais com outro atleta, Ieuan Lloyd, que já representou o Reino Unido em dois Jogos Olímpicos.

Otto Putland, de 24 anos, nega que a tenha violado e nega também que a jovem tenha sido "passada" de um homem para outro. A expressão foi mesmo usada pela jovem aquando da alegada violação.

Depois de ter sexo consensual com Ieuan Lloyd, este terá saído do quarto e manteve uma conversa fora da divisão com Putland, que "tinha ficado na discoteca com outra rapariga", segundo a queixosa. Então, Otto Putland entrou no quarto e começou a despir-se, perguntando depois se a jovem queria que ele colocasse um preservativo. Ieuan Lloyd fechou a porta do quarto e foi-se embora, segundo o Guardian.

"Quando ele começou a despir-se mandei mensagem a um amigo a pedir ajuda e a dizer que algo podia acontecer", referiu a jovem, que contou ainda que quando o nadador tentou colocar-se em cima dela, esta disse que não seria "passada" de um homem para o outro. Tentou então mantê-lo afastado e conseguiu libertar-se da situação dizendo que precisava de ir à casa de banho.

A jovem conseguiu então ligar para amigos, mas acabou por desmaiar, acordando com o som do telefone e com Otto Putland novamente em cima dela. Foram esses amigos que acabaram por a ir buscar ao local onde estava.

Foi ainda explicado que a mulher conhecia Ieuan Lloyd há um ano e que nessa noite, em Cardiff, acabou por ir para casa dele. Confessa que bebeu bastante - algo muito atacado pela defesa - mas diz lembrar-se da "maioria" da noite e saber o que aconteceu.

A jovem apenas se dirigiu à polícia em novembro de 2016, com medo quede que a mãe soubesse da situação.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG