Um morto e três feridos em tiroteio na cidade de Austin, Texas

Atirador abriu fogo uma zona de diversão noturna. Está a ser procurado pela polícia

Um tiroteio na cidade de Austin, Texas, fez um morto e três feridos, todos do sexo feminino, informou o chefe da polícia da cidade em conferência de imprensa durante a madrugada naquele estado dos EUA. Horas antes, as autoridades confirmavam através do Twitter a existência de "múltiplas vítimas" na sequência de dois tiroteios distintos em Austin.

O chefe da polícia de Austin, Brian Manley, revelou que um atirador ainda não identificado abriu fogo contra a multidão pelas 2:15 da madrugada, hora local - menos seis horas que em Portugal - antes de fugir. A motivação do ataque, que ocorreu minutos depois de os bares terem fechado, numa zona de diversão noturna, não é clara. "Foi uma situação caótica", referiu Manley, citado pela agência Reuters. Uma mulher, na casa dos 20, morreu, e outras três ficaram feridas, mas não correm risco de vida. O atirador está a ser procurado pelas autoridades.

Vídeos partilhados nas redes sociais mostram a confusão no local.

Minutos depois deste primeiro tiroteio, foi registada uma segunda troca de tiros numa garagem, não muito longe do local, fruto de um desentendimento. Neste caso, o atirador foi dominado pelos transeuntes e não houve feridos a registar. Inicialmente, as autoridades julgaram que os dois tiroteios estivessem relacionados, mas não se confirma qualquer ligação, revelou Brian Manley.

Os tiroteios em Austin seguem-se a vários atos de violência com recurso a armas de fogos nos EUA nas últimas semanas. Em junho, um atirador considerado "simpatizante" de grupos extremistas islâmicos matou 49 pessoas numa discoteca de Orlando, na Florida. Já em julho, no passado dia 7, um veterano das forças armadas norte-americanas matou cinco agentes da polícia em Dallas. Há cerca de uma semana, outro atirador matou três polícias em Baton Rouge, Louisiana. Em ambos os casos, os agressores foram abatidos pelas autoridades.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG