Misterioso objeto no meio do deserto de Utah. "A coisa mais estranha que encontrei"

Um biólogo tinha como objetivo contabilizar a população de carneiros selvagens na região, mas foi uma estranha estrutura metálica que encontrou que se tornou notícia. Há já várias teorias sobre o que estará na origem deste 'monólito'. Uma instalação artística, extraterrestres ou será que foi um fã do filme "2001: Odisseia no Espaço", de Stanley Kubrick, o responsável por este mistério?

"Foi a coisa mais estranha que os meus olhos encontraram em tantos anos de voo". As palavras ilustram bem como a descoberta de uma estrutura metálica retangular no meio do deserto de Utah, nos Estados Unidos, deixou o piloto de um helicóptero surpreendido.

Mas Bret Hutchings não foi o primeiro a 'dar de caras' com a misteriosa estrutura metálica. Foi um biólogo que seguia no helicóptero o primeiro a ver o 'monólito'. Fazia parte de uma equipa de funcionários públicos do departamento de segurança pública que tentava calcular a dimensão da população de carneiros selvagens numa área remota da região.

O estranho objeto de metal brilhante foi colocada no solo entre as rochas avermelhadas em pleno deserto e tem cerca de 3,6 metros de altura.

"Ei, ei, ei vira", exclamou o biólogo ao piloto quando se deparou com o estranho objeto, ali mesmo naquela região árida. Hutchings perguntou o que se passava e o especialista alertou para o que tinha acabado de ver. "Ele disse: 'Há uma coisa lá atrás. Temos que lá ir ver'".

E assim foi. O helicóptero voltou a sobrevoar aquela zona do deserto, posou o aparelho e a tripulação foi ver de perto o que tinham visto do céu. Nem queriam acreditar no que estavam a ver.

A equipa não resistiu a brincar com a situação e com o mistério em torno deste metal. "Se um de nós desaparece de repente, os restantes fogem", disseram na altura, recordou o piloto em declarações à estação de televisão local KSLTV.

Ainda não há informações sobre a sua origem ou quem terá sido o responsável por este 'monólito' metálico e as teorias sobre este mistério não tardaram a surgir.

O piloto do helicóptero acha que um fã de 2001: Odisseia no Espaço, de Stanley Kubrick, foi o responsável por este mistério, filme onde surgem imponentes 'monólitos' criados por uma espécie alienígena na história de Arthur C. Clarke, que foi adaptada ao cinema.

"Calculo que seja algum artista new wave ou alguém que era um grande fã" do filme" de Kubrick disse Hutchings.

Mas há mais teorias sobre a origem deste metal brilhante no meio do deserto.

"Pensámos se não era algo que a NASA colocou ou algo parecido. Eles estão a lançar satélites?, questionou"

O departamento de segurança pública de Utah divulgou as imagens do objeto e questionou nas redes sociais o que poderia estar por detrás deste monólitometálico.

"Durante as contagens [de carneiros selvagens], encontramos isto, no meio do nada, enterrado bem fundo na rocha. Mentes que questionam, o que é isto? Alguém?", escreveu o organismo público.

E as respostas à questão deixada no ar começaram a surgir e houve quem, em jeito de brincadeira, sugerisse que este estranho objeto é um sinal da presença de extraterrestres.

Muitos foram os consideraram que se trata de uma instalação artística e alguns atribuíram mesmo a 'obra' a John McCracken, um artista minimalista já falecido.

As autoridades não revelaram a exata localização do monólito para evitar que aventureiros se deslocassem àquela região, uma vez que é montanhosa e pode representar muitos perigos.

Mais Notícias