MNE "preocupado" por Sánchez querer "mudar o rumo" de Espanha

O ministro espanhol dos Negócios Estrangeiros, Alfonso Dastis, manifestou hoje em Bruxelas a sua "preocupação" com a possibilidade de o novo secretário-geral do PSOE, Pedro Sánchez, queira "mudar o rumo" de Espanha.

"A mim o que me preocupa é quando oiço o novo secretário-geral [do PSOE] dizer que vai fazer tudo o indizível para mudar o rumo do país", disse Alfonso Dastis à chegada a uma reunião dos chefes da diplomacia dos países da União Europeia.

Os socialistas espanhóis escolheram no domingo Pedro Sánchez como secretário-geral do PSOE depois de este se ter demitido em 01 de outubro do ano passado, por não ter sido aprovada a sua estratégia de confrontação, que impedisse a continuação de Mariano Rajoy como primeiro-ministro.

"Nós acreditamos que o rumo do país vai na boa direção e a mim preocupa-me que se pretenda mudar", acrescentou o responsável pela diplomacia espanhola, manifestando a esperança que o PSOE "continue a trabalhar de forma construtiva" para manter a estabilidade.

Pedro Sánchez ganhou as "primárias" dos socialistas com mais de 50 % dos votos dos militantes socialistas.

O reeleito secretário-geral dos socialistas espanhóis, Pedro Sánchez, apelou no domingo à "unidade" de todos os militantes para "construir o novo PSOE" com um "projeto novo" que lute pelo poder em Espanha.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG